fbpx
Topo
 

Fim da emissão gratuita de notas fiscais eletrônicas. Entenda os riscos!

fim-do-emissor-gratuito-de-nota-fiscal-eletronica

Fim da emissão gratuita de notas fiscais eletrônicas. Entenda os riscos!

Recentemente, a Secretaria da Fazenda do Maranhão informou que a partir de 1° de novembro de 2017 não disponibilizará os serviços de download dos emissores gratuitos de CT-e e da NF-e em seu site. Esta decisão foi tomada quatro meses após a SEFAZ de São Paulo também encerrar esta mesma atividade, que atendia aos empresários de todo o Brasil. Com isso, surge a dúvida: Por que devo emitir NF-e? Não se preocupe, a Simples Varejo te explica.

Riscos de não emitir notas fiscais

A emissão de notas fiscais é uma obrigação de toda empresa, pois é através dela que o governo fiscaliza as ações de compra e venda no país e faz as tributações de impostos em cada operação. Sendo assim, se uma empresa não emite notas fiscais, automaticamente, ela estará falsificando, burlando ou omitindo o seu número de vendas, ou seja, praticando uma ação ilegal, conhecida como sonegação de impostos que pode ser fatal para o seu negócio.

Para ter validade perante o governo federal, é preciso emitir uma nota fiscal eletrônica, que é um arquivo digital com extensão XML. Essa extensão é um tipo de assinatura digital, autorizada pela Secretaria da Fazenda de seu estado. As notas fiscais eletrônicas são dividas em quatro categorias:

  • As NF-es são as mais comuns e são utilizadas para a comercialização de produtos que tem taxação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
  • NFS-es são produzidas para serviços.
  • CT-es são voltadas para as empresas que prestam serviços de transporte e carga rodoviária
  • NFC-es são as notas fiscais destinadas aos consumidores.

Além de comprovar ao governo que seu negócio está em dia com os impostos, estas notas também são importantes em relação às garantias dos produtos que a empresa comercializa ou utiliza. Isso ocorre porque nestes comprovantes, há a data em que o procedimento foi feito. Juntando esta data ao período de garantia informado, o consumidor pode trocar ou consertar a mercadoria em caso de defeito. Esta ação transmite ao cliente  a sensação de que a empresa em que ele adquiriu o item, é, de fato, confiável.

Comece a emitir suas notas fiscais

Agora que você já entendeu a importância da emissão de notas fiscais deve estar se perguntando: como vou emitir? E aí que entra a Simples Varejo! Temos soluções práticas e fazemos isto por você, basta clicar aqui e saber como.

Se você ainda não conhece os nossos serviços, experimente agora e descubra soluções simples para o seu negócio.

Seja o primeiro a comentar

Postar um Comentário