fbpx
Topo
 

Curiosidades: Diferenças entre cupom fiscais e nota fiscais

Curiosidades: Diferenças entre cupom fiscais e nota fiscais

Embora a Nota fiscal Eletrônica e o Cupom fiscal tenham basicamente a mesma funcionalidades, há algumas diferenças entre elas. E é importante para o varejista, que trabalha diariamente no ponto de venda da loja, saber a oposição entre esses documentos  para evitar erros sobre o pagamento de impostos da empresa.

Lembrando que o Prático NF-e  não tem a opção de cupom fiscais. Esse artigo é apenas a nível de conhecimento.  

Já sabemos o que é uma Nota Fiscal Eletrônica (caso não, é só clicar aqui ). Mas em resumo a NFe é um documento gerado digitalmente pela empresa que está realizando a transação comercial, por exemplo, a venda de um produto. Além de documentar fiscalmente as operações de venda, a NFe também é responsável para acobertar todas as demais operações, dentre elas a entrada de mercadorias, operações interestaduais, operações de devolução ou transferência de mercadorias, bem como para comprovar operações de simples remessa.

Agora o cupom fiscal é o comprovante fiscal emitido pelo ECF (Emissor de Cupom Fiscal). Em um cupom fiscal são informados os principais dados da operação comercial. Informações da empresa, local onde foi realizada a venda, data e horário, descrição das mercadorias, total a ser pago e forma de pagamento.

Então agora que sabemos o que cada um é.  Vamos às diferenças.

Diferença entre cupom fiscal e nota fiscal:

A principal diferença entre os dois está baseada na quantidade de informações que são apresentadas em cada documento.

Na nota fiscal, o consumidor que está efetuando a compra é identificado, diferente do cupom fiscal. Dessa forma em processos de trocas, a empresa fica resguardada quanto à legalidade do comprovante apresentado pelo cliente, ou seja, usando a nota fiscal como comprovante de venda a empresa fica segura contra fraudes em possíveis trocas.

Além disso, com a identificação do cliente, torna-se possível o repasse do pagamento da nota para outra pessoa, procedimento que só é possível com a adoção da nota fiscal.

A emissão dos comprovantes também é outra diferença entre cupom fiscal e nota fiscal. O cupom fiscal demanda de um equipamento específico: o ECF (impressora fiscal). Ele é responsável pela transmissão de dados e pela impressão das informações da venda.

Já a nota fiscal está diretamente ligada ao sistema de gestão da loja, que normalmente possui um módulo responsável pela emissão de notas, que é feita diretamente com uma conexão com a SEFAZ.

Saber a diferença entre cupom fiscal e nota fiscal é, para o varejista, a oportunidade de garantir a segurança da sua loja durante uma possível troca e assegurar que a emissão de comprovantes fiscais siga o caminho correto.

 

Seja o primeiro a comentar

Postar um Comentário