fbpx
Topo
 

Erros que o varejo deve evitar no controle financeiro

controle-financeiro-varejo

Erros que o varejo deve evitar no controle financeiro

O controle das finanças de uma empresa varejista, depende também do controle de todas as outras demandas de gestão. É preciso cuidar do estoque, da logística, por exemplo, para evitar maiores gastos com fretes, quebras ou rupturas.

A administração financeira começa no controle das finanças. Para ter lucro é preciso integrar o monitoramento disso tudo. O problema nisso é que muitos gestores cometem negligências que parecem não influenciar, mas na realidade contam muito para o não crescimento de caixa. Conheça alguns:

 

– Não separar gastos pessoais dos gastos da empresa

ontrole-financeiro-varejo-contas-pessoais

Estudos mostram que essa é uma prática muito comum em micro e pequenas empresas, principalmente se familiares, no Brasil. Esses casos geralmente acontecem pelo conhecimento pouco sobre gestão. A armadilha nessa prática está em só sentir os efeitos em longo prazo. A falta de um contador e de mecanismos que controlem os gastos de quem pode acessar o financeiro. Com pequenas retiradas que parecem não fazer diferença a análise de lucro fica comprometida e pode até mesmo haver prejuízo.

 

– Não registrar contas e operações

controle-financeiro-varejo-registro-de-contas

O primeiro tópico pode ser um dos problemas. O não registro das atividades fiscais é obviamente nocivo. O registro das operações não só favorece a documentação, mas também obriga o monitoramento de tempo para cada entrega de pedidos colaborando em outro ponto essencial para o controle financeiro. Se falta um setor financeiro, esse trabalho precisa ser feito pelo gestor.

 

– Não considerar o controle de estoque

controle-financeiro-varejo-controle-estoque

Estudos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e pequenas Empresas – SEBRAE revelam que a ruptura de estoques é a maior fonte de perdas no varejo brasileiro. Do estoque dependem a reposição de mercadoria, gôndolas e prateleiras. É através do registro de controle do estoque que será possível documentar e analisar quais produtos tem maior fluxo e quais os que duram mais em estoque. Com esse mecanismo de controle é possível evitar prejuízos pela perda de validade dos produtos.

 

– Não gerenciar todo o fluxo de caixa

aixa-fluxo-controele-financeiro-varejo

A atenção ao ponto central de recursos, o caixa, é obviamente o principal ponto, mas não vamos considerar como caixa somente a máquina registradora da empresa. Nessa categoria também estão as contas bancárias da empresa e todo lugar em que convergem recursos.

O caixa físico recebe mais atenção geralmente por ser nele que se fixam o valor das contas e despesas, e os outros locais, bancos, impostos, fornecedores servem como retaguarda coberta.

Esse saldo pode fazer diferença, mas se não for corretamente lançado, pode confundi e parecer que a empresa disponha de valores não recebidos.

O que faço para evitar negligências no financeiro da minha empresa?

software-gestao-financeiro-varejo

Além de uma contabilidade eficiente contar com mecanismos práticos para o uso habitual dos funcionários e gestor é o jeito mais fácil de evitar perda de tempo, diminuir erros frequentes, automatizar processos e manter-se no controle das entradas e saídas financeiras.

É isso que um software de gestão faz. Gerencia processos diariamente, reduz a necessidade de registros manuais agilizando os processos além de garantir o registro de informações indispensáveis para sua empresa.

O Simples Varejo, por exemplo, é um sistema híbrido que permite notas fiscais, enviar orçamentos por e-mail, controlar cheques, calcular impostos, controlar estoques, entre outras funcionalidades úteis para uma empresa de varejo em uma única plataforma.

Faça uma demonstração gratuita e conheça a ferramenta.

Seja o primeiro a comentar

Postar um Comentário